loading

A escola é um palco aberto

A escola é um palco aberto

 

Imagine que você é um jovem entre 12 e 19 anos. Está na escola e nunca leu uma peça de teatro na vida. Chega um projeto que apresenta quatro novas peças de autores renomados com personagens e história adaptados para a sua idade. Depois, você tem a oportunidade de conhecer pessoalmente os autores e de trabalhar com eles, sejam eles brasileiros ou britânicos. Ensaia a peça com o grupo da sua escola e recebe apoio de diretores profissionais que vão até você. Em seguida, se reúne novamente com jovens de várias outras escolas para falar da sua peça. Então, se apresenta em uma Mostra em um teatro profissional e a peça que era só sua, agora, é publicada em livro e na web e passa a ser distribuída gratuitamente para todo mundo. Pronto. Isso é o que faz o Projeto Conexões de Teatro Jovem, desde 2007.

Conexões, é resultado da parceria do Colégio São Luís com o British CouncilCultura InglesaEscola Superior de Artes Célia Helena eNational Theatre de Londres, é um projeto que incentiva o teatro feito por jovens e para jovens como ferramenta para a formação humana e cultural, fomentando, por intermédio do trabalho em equipe, a criação de espaços para a reflexão e expressão das questões presentes no jovem de hoje.

O Projeto trabalha com estudantes participantes de grupos de teatro de escolas públicas, particulares e de grupos independentes de diferentes regiões da Grande São Paulo. E convida dramaturgos renomados, nacionais e internacionais, para escreverem textos para jovens, que serão encenados simultaneamente por diversos grupos. O projeto tem como objetivos: promover a criação de uma nova dramaturgia jovem; e estabelecer uma conexão entre profissionais de teatro e educadores, grupos de teatro amador, escolas de Ensino Fundamental e Médio, com a finalidade de aumentar o interesse dos jovens por essa ferramenta de expressão e diálogo.

Neste último final de semana, mais de 300 jovens, e seus professores, estiveram reunidos no Colégio São Luís para uma das fases do Projeto Conexões, o workshop de imersão, que este ano reuniu textos dos autores: Marcelo Romangnoli, Dib Carneiro Neto, Stef Smith e Dennis Kelly, e recebeu a ilustre visita do coordenador do projeto no National Theatre de Londres, o diretor Anthony Banks.

Depois, os jovens seguem para os ensaios, nos quais são acompanhados por um diretor-colaborador. Ao final do processo há um fórum dos grupos para o compartilhamento dos aprendizados, uma mostra das peças e a publicação de uma edição bilíngue (em livro e na web) com os textos.

O projeto já atendeu a mais de dois mil alunos, teve mais de nove mil espectadores assistindo a suas mostras e publicou 35 novos textos em oito livros, além de estar também na web com autores como: Caco Barcellos, Jandira Martini, Marcelo Rubens Paiva, Newton Moreno, Leonardo Moreira, Claudia Schapira entre muitos outros. Ainda fazem parte das intenções do Projeto: chamar a atenção de dramaturgos e autores renomados para a necessidade de uma dramaturgia para essa faixa etária; incentivar a formação de grupos de Teatro Jovem; e formar plateias. Vamos prestigiar, aguardamos vocês na Mostra do Projeto Conexões de Teatro Jovem, em novembro.

 

Matéria publicada no Blog do Colégio São Luís no Portal do ESTADO DE SP: http://educacao.estadao.com.br/blogs/blog-dos-colegios-sao-luis/a-escola-e-um-palco-aberto/